Os parceiros do projecto

Os parceiros do projecto

Coordenador do projecto:

Educational Centre Taurus (Polónia):

Organiza cursos e seminários para adultos em modo presencial e por internet.

Graças aos cursos que são realizados através dos TIC, os destinatários oriundos de populações mais desfavortecidas sócio economicamente ou geograficamente podem participar nas referidas acções.

Entre os nossos destinatários o grande grupo é de professores que vivem em pequenas vilas ou aldeias e que se encontram demasiado longe para participar nos cursos tradicionais; sendo que esses cursos também ficam mais caros devido aos custos com transportes, pelo que o nosso tipo de cursos acaba por ser uma alternativa bastante favorável. Este formato permite ainda a participação de seniors e indivíduos com deficiência.

Realizar cursos on-line permite uma maior disseminação por todo o país. Os nossos cursos são para todos os adultos.

A maioria dos destinatários são professores e pais.

Parceiros:

Denizli Educação Pública e Evening Art School (Turquia)

É um centro educacional público para adultos.

Realiza regularmente cursos e seminários para adultos.

São abertas classes especiais sempre que um limite mínimo de participantes esteja disponível.

O domínio principal inclui actividades de cultura, arte e saúde, cuidados materno-infantil, e de tecnologia da informação. Os trabalhos realizados ao longo do ano pelos alunos são expostos no final do ano lectivo.

O Centro já participou no projecto “HIV/ AIDS” em 2005/2006, e continua a promover cursos sobre a prevenção do vírus HIV/SIDA.

O centro encontra-se no meio da cidade, mas os alunos que frequentam estes cursos, na sua grande maioria residem nos subúrbios de Denizli.

É dada uma atenção especial aos cursos promovidos pelo governo.

A nossa instituição tem alguns acordos de cooperação com algumas organizações e escolas em algumas actividades.

Santa Casa Misericórdia Santarém (Portugal)

A amplitude da intervenção da Misericórdia na Comunidade deu-nos uma visão geral do trabalho ao nível da prestação de cuidados, especialmente a necessidade de formação específica.

A Santa Casa da Misericórdia de Santarém dá apoio nas seguintes áreas:

Idosos, Família e comunidade, Infância e Juventude.

Os recursos da Misericórdia apoiam, para além de outras áreas, a população idosa através de:Centro de Dia - capacidade para 60 utentes; Apoio Domiciliário - Capacidade para 95 utentes; Lar de idosos - Capacidade para 31 utentes; Lar de Grandes Dependentes - capacidade para 50 utentes; Centro de Acolhimento Temporário de Emergência para Idosos - Capacidade para 13 utentes; Universidade Terceira Idade - 217 alunos.

A Misericórdia de Santarém têm uma vasta experiência em programas de prevenção da exclusão social - Centros Sociais e de Abrigo, Cuidados de saúde, Projectos especiais para famílias.

A Misericórdia recebe diariamente nas suas valências / serviços indivíduos com idades variadas e provenientes das diversas freguesias de Santarém.

Nós já realizamos cursos e acções de formação na área das novas tecnologias da comunicação (TIC), contudo muitos idosos não tem possibilidade de fazerem esses cursos.

Este tipo de iniciativas vai de encontro às prioridades do Governo de Portugal: "é essencial que de uma forma ampla todas as camadas da população adquira um conjunto de competências básicas em tecnologias da informação que lhes permitam, em última análise, um exercício pleno dos seus direitos de cidadania.”

A nossa organização pretende reforçar o conhecimento já adquirido na intervenção com a comunidade, conhecer novos métodos de intervenção, fortalecer a experiência de trabalho no âmbito transnacional.

A 4PEOPLE Civic Association (República Checa)

foi constituída de forma a fortalecer a formação de uma sociedade civil, nomeadamente no apoio a actividades centradas no desenvolvimento das populações em situação de exclusão social, através da sua colocação em mercado de trabalho e na realização de actividades educacionais orientadas para essa população.

O grupo alvo, tal como a ideia principal, do projecto “Open the Window on the World”, é interessante para nós uma vez que a nossa associação trabalha nesta área de interesse, tanto nas nossas actividades gerais como na coordenação de projectos nacionais.

Graças a estes projectos nacionais (assim como às suas parcerias) financiados por fundos estruturais europeus, dispomos de um vasto portfolio de contactos que podemos usar no âmbito das actividades de investigação no projecto. Devido aos nossos esforços no projecto, bem como a outras actividades, não deixamos de manter contacto directo com os elementos do grupo alvo, facto que, em nossa opinião, é muito útil e enriquecedor.

Certamente estamos prontos para participar activamente no projecto, conforme as necessidades do nosso contributo tendo em conta a especificidade e as boas práticas relativas à República Checa.

Tal como já referimos, o desenvolvimento de projectos permite-nos obter experiências úteis no trabalho com o grupo alvo do projecto, trabalho esse que gostaríamos de partilhar e mesmo ampliar através de uma participação ao nível de uma parceria europeia.

A variabilidade entre cada visão educativa de cada país diferencia e permite experienciar as descobertas de outros países europeus que podem ser concretizadas em próximas estratégias comuns de desenvolvimento.

De acrescentar ainda que o grupo alvo do projecto está em consonância com as prioridades da UE no âmbito das estratégias sociais e educacionais, bem como com as estratégias relativas ao emprego, formação e educação da República Checa.

Cooperativa Agorà a.r.l (Italia).

Desde a sua fundação a Cooperativa Agorá tem vindo a trabalhar de uma forma activa no seu território, o que tem ajudado em profundidade as pessoas em risco de exclusão social, particularmente os seniors e as mulheres imigrantes.

Ao longo dos últimos anos a Agorà tem programado e organizado cursos de computadores para seniors, que têm uma necessidade específica de formação e socialização.

Hoje, não só os jovens, mas também muitos seniors que querem melhorar as suas competências através do uso de computadores e de ferramentas tecnológicas.

Na verdade, um bom uso do computador é cada vez mais útil, não só no mercado de trabalho, mas também na vida quotidiana.

Na nossa área vários reformados vivem sozinhos e têm poucas oportunidades de estar em contacto com outras pessoas.

A Nossa actividade poderá prevenir a exclusão social e o isolamento; criar redes e um sentido de comunidade, através de uma formação básica das TICS.